quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

Novelo

Eis como me sinto...
sem ponta por onde pegar,
amalgama de fios e nós...
esperando dedos de fada para me libertar...