quinta-feira, 2 de julho de 2015

Interlúdio...




"Enquanto faço o verso,
tu decerto vives
trabalhas a tua riqueza,
e eu trabalho o sangue."
 
                         Hilda Hilst