sexta-feira, 24 de abril de 2015

Penélope


Pousa a tua cabeça
na almofada dos meus braços,
Serei sempre teu regaço,
porto de chegada e de partida,
salvo-conduto de ti.