quinta-feira, 16 de abril de 2015

Dias


Hoje, perdi-me!
Precisei sentar-me
com a minha alma nos joelhos.
Convenci-a a ficar...
Tinha-me confessado a sua vontade de partir...