quinta-feira, 9 de outubro de 2014

Dialogum

Num banco de jardim, dois amigos à conversa:
 
- Não sei se algum dia voltarei!
- Aonde?
- Ao lugar de onde vim. Do lugar onde marquei o horizonte para longe...
- Hás-de voltar, quando aprenderes de novo a voar.
 
E o menino da lapinha, com os seus olhos calmos e doces,
prendeu mais uma lágrima no seu coração.