quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

T1



ao cabo de mim
tormenta, esperança
que navega e abre
novo caminho, nova rota
 
ao dobrar de mim
desatino, bonança
que desflora e brota
outra via, outra levada
 
nau pinta, golpe de asa
em ti...por ti...em tudo...por tudo...

Adoro-te!